Prefeitura reúne proprietários de autoescolas em ação educativa

QUEIMADOS - A Prefeitura, por meio da Secretaria de Municipal de Segurança, Transporte e Trânsito (Semusttran), reuniu-se, nesta sexta-feira (5), com proprietários de autoescolas de Queimados para tratar da formação dos novos condutores do município. A iniciativa faz parte de uma série de ações educativas que visam fortalecer a condução no trânsito da cidade. A secretaria também está promovendo caminhadas de conscientização da população sobre as leis de trânsito. Durante o encontro foi determinado que todo mês ocorrerá uma reunião com os donos das autoescolas.

De acordo com o secretário da pasta, Capitão Elias José, foi detectado uma freqüência muito grande de condutores recém formados que ainda possuem habilitação provisória que cometem infrações. “Eles sempre dizem que acabaram de receber a habilitação e que não sabiam das práticas, achando que deveria ter sinalização para isso. As leis de trânsito devem ser estudadas, as placas não servem para explicar as leis de trânsito, para explicar que não se pode estacionar na calçada, por exemplo. Por isso nos reunimos, para saber como podemos intervir para possibilitar a melhor formação possível”, destacou o secretário.            
O representante da Autoescola Maranata, Osias Alves Pinho, parabenizou a secretaria pela iniciativa e afirmou que as 45 horas de aulas teóricas, determinadas pelo Detran, ainda é pouco para formar um condutor. “Trabalho nesta área desde 2007 e é a primeira vez que vejo uma iniciativa desta, de aproximação do poder público conosco. Acontece que sistema do Detran não é consistente, o tempo de estudo precisa aumentar”, explica.

Foi determinado que no dia 3 de outubro será realizado um novo encontro, além de visitas dos agentes de trânsito às salas de aula das autoescolas. Após a reunião, a secretaria realizou uma caminhada de conscientização na Estrada do Lazareto até o bairro Ponte Preta e na próxima sexta-feira, (12), uma nova caminhada será realizada à tarde, em outro bairro a ser definido. “A nossa cidade cresceu muito e o trânsito intensificou, não se pode ter uma atitude provinciana, a postura no trânsito deve mudar. O que vai melhorar o trânsito é a educação e não a repressão”, acrescenta o secretário. A Semusttran tem o objetivo de promover ações educativas também nas escolas da rede pública.



Via PMQ

0 comentários :

Postar um comentário