Evento destaca o Dia Nacional de combate ao Diabetes Mellitus

QUEIMADOS - A maioria das pessoas já ouviu falar em Diabetes gestacional, emocional e os seus malefícios que podem levar à cegueira e até amputação dos membros superiores e inferiores. Alguns sintomas também já são bem conhecidos como feridas que não saram ou ainda uma grande necessidade de comer doce ou beber água. No entanto, estes sintomas também são comuns em várias doenças. Para descobrir se você possui algum tipo de Diabetes, o melhor é consultar um médico, no entanto, a Secretaria Municipal de Saúde de Queimados, através do Programa HIPERDIA – Hipertensão e Diabetes, estará na Praça Nossa Senhora da Conceição no dia 13/11, das 9h Às 12h, véspera do dia nacional de combate à doença para esclarecer algumas dúvidas dos cidadãos. 

Neste evento, serão fornecidas, além de orientações sobre prevenção e tratamento, aferição de pressão arterial, medição de glicose e entretenimento lúdico, contou a coordenadora do programa, enfermeira Sandra Regina. “Hoje temos o Programa HIPERDIA que faz o acompanhamento dos casos da doença na cidade, com orientações para os pacientes que podem se tratar nas UBS, ESF ou CETHID, nos casos mais graves e que precisam de aplicação de insulina, no entanto, as pessoas sempre acham que o tratamento só pode ser feito no CETHD, o que nem sempre é necessário, mesmo sendo um centro de referência na área”, observou.

Segundo a secretária de saúde, Dr. Fátima Cristina, a cidade contabiliza mais de 3 mil pacientes que são assistidos pelo Programa. “Na medida do possível", onde sempre oferecemos um kit com o aparelhinho para medição da glicose (Glicosímetro) já com as fitinhas, além dos medicamentos. Este ano conseguimos distribuir mais de 300 kits”, destacou.

Para aderir ao Programa é preciso ter um encaminhamento médico, de no máximo seis meses, constatando a doença, carteira de identidade, CPF e comprovante de residência. A sede do Programa fica na Av. Irmãos Guinle, 673, Centro, (próximo da Nalin) e funciona das 8h às 17h, de segunda à sexta. A equipe é composta por três funcionários, sendo uma enfermeira responsável e coordenadora, mais duas pessoas na secretaria do Programa.

Características da doença:

Vontade de urinar diversas vezes, fome frequente e perda de peso ao mesmo tempo, boca seca, pés dormentes, nervosismo, náusea e fadiga são alguns sintomas comuns, mas que se confundem com outras doenças, explicou a coordenadora do programa, enfermeira Sandra Regina. “Tudo dificulta o diagnóstico da Diabetes, porque além dos sintomas comuns é uma doença silenciosa e se o indivíduo não nasce com ela, fica mais complicado, no entanto, o tratamento tem sido facilitado pelo Ministério da Saúde que está arcando com a compra dos medicamentos”, explicou.



Via PMQ
12/11/2014

0 comentários :

Postar um comentário