Capoeira reune atletas da região no Festival de Verão de Queimados

QUEIMADOS - “Nunca vi capoeira não cantar Paraná. Paranauê, paranauê, Paraná”, ao som de cantigas de roda, os capoeiristas trouxeram ginga e beleza ao Festival de Verão em Queimados. Mais de 100 atletas de toda a região se reuniram para apresentar e brincar com os golpes da prática, além da apresentação de samba de roda e maculelê. Alunos da Vila Olímpica receberam outros grupos e mestres e se divertiram na demonstração da prática do esporte. Mostrando que Capoeira é uma arte e não uma luta violenta.

O mestre Comprido, juntamente com seus alunos da Raiz da Resistência, receberam os mestres Santana, do grupo Capoeira do Sol, mestre Ala Moana, com o grupo Malta Carioca de Capoeira, mestre Polonho, da Organização Cultural Feitiço de Capoeira e o professor Evangelista. Os praticantes levantaram a bandeira da não violência entre capoeiristas em favor da prática como arte, prazer e diversão. Todos os participantes receberam medalhas e, os mestres, troféus.


Via PMQ
10/02/2015

0 comentários :

Postar um comentário