Queimados inicia construção de mais 1.200 unidades habitacionais populares

QUEIMADOS - O município de Queimados avança ainda mais na política habitacional e continua sendo um dos maiores do estado no número de unidades habitacionais entregues à população menos favorecida. Nesta quarta-feira (25/02), às 10h, o Prefeito Max Lemos lança a pedra fundamental, dando início à construção das obras de 1.200 apartamentos no condomínio Residencial Dona Ivone, que faz parte do Programa Habitacional do Governo Federal Minha Casa, Minha Vida. O evento será no espaço onde haverá a construção, localizado no bairro Vila São João, na Estrada Cabuçu-Queimados, s/ nº. Os imóveis com dois quartos e 50m² são destinados a famílias com renda de até três salários mínimos e a prestação a pagar é de apenas R$ 25,00. Os moradores contarão com área de lazer e diversos serviços para proporcionar conforto e segurança, como escolas e monitoramento por câmeras. 

A cidade se caracterizou, nos últimos anos, pelo amplo crescimento atingido em desenvolvimento econômico e por ser o segundo município do estado que mais construiu casas populares através do Programa, estando atrás apenas da capital. O Prefeito Max Lemos sempre frisou a importância de uma política habitacional sólida e está na busca incessante de alcançar o maior número possível de unidades durante a sua gestão. “Venho lutando em Brasília por recursos direcionados à construções para a população menos favorecida. O que estamos dando início agora já é um grande número, mas a minha luta continua junto ao Ministério das Cidades para tentar chegar a 5 mil unidades naquela área”, afirma o prefeito.

Vinte e cinco mil pessoas realizando o sonho da casa própria

De acordo com o secretário municipal de Habitação, Cacau Nogueira, Queimados já entregou 2126 unidades habitacionais à população e mais 2.932 estão em construção. No Bairro Valdariosa foram 1.500 apartamentos e o projeto ganhou o prêmio de melhor empreendimento de Interesse Social do Brasil – Faixa 1, pela Associação dos Dirigentes de Empresas do mercado Imobiliário (ADEMI). Já nos bairros São Jorge e Belmonte foram entregues, respectivamente, 406 e 220 casas. “Em fase de construção estão mais 1500 no Jardim da Fonte, 392 no Eldorado e 1040 no Fanchem. Com isso, somando as entregues e as que estão em construção, são 5058 unidades, ficando uma estimativa de 25 mil pessoas realizando o sonho da casa própria neste processo”, explica o secretário.


Via PMQ
25/02/2015

0 comentários :

Postar um comentário