Moradores recebem dicas de economia de energia elétrica

QUEIMADOS - Se quando você recebe sua conta de luz o total a pagar é motivo de susto, saiba que existem diversas ações diárias que podem diminuir o custo de sua conta de energia doméstica. Pensando nesta economia, que pode ser significativa, a Prefeitura de Queimados, através da Secretaria Municipal de Habitação, em parceria com a Concessionária LIGHT, leva aos três condomínios do Programa “Minha Casa, Minha Vida”, no bairro Valdariosa, o programa “Comunidade Eficiente”. A atividade vai até a próxima sexta-feira (6), das 9h às 17h. Além de dicas de economia e segurança da energia elétrica, a população pode consultar seus dados cadastrais, os parcelamentos ativos, históricos de consumo, extrair a segunda via da conta de luz e inscrever-se no Programa federal “Tarifa Social”.

Colaborar para a estabilização do fornecimento de energia elétrica do país, através do uso coerente e estimulando mudanças de comportamento para evitar o desperdício. Estes são os principais objetivos do “Comunidade Eficiente”, um projeto de eficiência energética que já beneficiou, desde 2002, mais de 350 comunidades cariocas e tirou da irregularidade cerca de 55 mil famílias. Diversos serviços estão sendo oferecidos aos cerca de cinco mil moradores da localidade. Para o Secretário Municipal de Habitação, Cacau Nogueira, a ação traz melhorias significativas aos moradores: “Através da Tarifa Social, o morador pode ter uma economia de até 65% na conta. Isso significa mais dinheiro para fazer a compra do mês e outros investimentos. Estamos muito felizes com esta parceria com a LIGHT”, disse. Ainda segundo o secretário, a parceria deve se estender para o atendimento a outros condomínios residenciais do programa federal na cidade. 

Uma das ações mais requisitadas é o cadastro no “Tarifa Social”, que é um desconto na tarifa de energia elétrica criada em 2002 a ser concedido para famílias que atendam aos critérios estabelecidos por lei. Podem usufruir do programa as famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional, quem recebe o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social ou as famílias inscritas no Cadastro Único com renda mensal de até três salários mínimos, que tenha portador de doença ou deficiência, cujo tratamento ou procedimento médico necessite de uso continuado de equipamento que dependa do consumo de energia elétrica.

Na ação, os moradores recebem panfletos com “Dicas de Segurança”, “Cuidados na hora de Construir ou reformar”, “Dicas de economia, e mais informações sobre a “Tarifa Social”. Além destes benefícios, um simulador mostra ao morador onde está a grande quantidade de gastos em sua energia elétrica. A gari, Ana Paula de Oliveira, 36 anos, moradora do Valdariosa II, viu que o ar condicionado e a geladeira são os maiores vilões de sua conta, após passar pela simulação: “Estes últimos aumentos complicaram a nossa vida um pouco, mas vi que posso economizar mais e diminuir meu custo. Aprendi a fazer o teste da geladeira e a melhorar o consumo do ar condicionado”, disse.

Algumas dicas que vão ajudar a diminuir o consumo de energia

► Use a iluminação natural e evite ligar lâmpadas durante o dia

► Dê preferência a pinturas com cores claras em tetos e paredes, pois refletem mais luz

► Não ligue o som junto com a TV

► Desligue a TV quando não tiver ninguém assistindo

►Evite ligar mais de uma TV. Assista junto com toda família

► Passe todas as roupas de uma só vez

►Evite banhos prolongados

► Procure lavar a maior quantidades de roupas de uma só vez na máquina de lavar

►Evite deixar a porta da geladeira aberta e abra-a só o necessário.


Via PMQ

0 comentários :

Postar um comentário