Queimados ao sabor das chuvas

QUEIMADOS - Moradores reclamam que Praça dos Eucaliptos e Estrada do Lazareto alagam. Prefeitura busca recursos para obras

Basta chover por dez minutos que os moradores e comerciantes do Centro de Queimados já sabem: é preciso recolher os móveis que lá vem enchente. Na noite de anteontem, não foi diferente. Carros e ônibus tiveram que enfrentar a força da água, e motos foram carregadas pela correnteza.

— Estava dentro do ônibus, ao lado da Praça dos Eucaliptos, quando começou a encher — conta o segurança Alex Leal, de 41 anos: — É sempre assim. A prefeitura fez uma obra mal feita e agora a água não tem para onde escorrer.

Morador da Estrada do Lazareto, Orlando Oliveira, de 36, afirma que já perdeu quase todos os móveis de casa com as sucessivas enchentes.

— Moro no Centro há oito anos e já estou acostumado. É só chover um pouco que todas as casas e comércios da área ficam submersos. Nesse tempo, precisei repor todos os móveis de casa — diz o motorista.

A Prefeitura de Queimados informou que elaborou um projeto para a construção de um novo extravasor (canalização destinada a escoar eventuais excessos de água) no entorno da Praça dos Eucaliptos, que levaria a chuva sob a Rua Vereador José Maria Coelho até o Rio Abel. Como a execução requer um investimento alto, a Secretaria municipal de Convênios busca parcerias públicas e privadas para iniciar a obra.

Ainda segundo a prefeitura, o problema na Estrada do Lazareto é similar e as mesmas questões estão sendo resolvidas pelo município.



Via Jornal Extra
Caderno Mais Baixada
18/03/2015

0 comentários :

Postar um comentário