Queimados oferece atendimento jurídico gratuito

QUEIMADOS - Os meios trabalhosos para lutar por processos jurídicos muitas vezes desanimam quem precisa garantir seus direitos. Pensando em facilitar esses casos, os cidadãos queimadenses podem contar com um auxílio jurídico para questões de pequenas causas e trabalhistas de forma gratuita. Quem precisar de ajuda para entrar na justiça e cobrar seus direitos já não precisa recorrer a advogados particulares. A assistência acontece na Secretaria de Direitos Humanos e Promoção da Cidadania de Queimados toda terça e quinta, das 9h às 16h. A SEMDHEPROC fica à Rua Otília, nº 1495, próximo ao Fórum Municipal.

Nas quintas-feiras dez senhas são distribuídas para agendamento de consulta, na parte da manhã. Nessa triagem cada caso é analisado para avaliar a adequação no atendimento, que é restrito a pequenas causas e questões trabalhistas. A partir daí é feito o agendamento para o atendimento às terças-feiras do advogado com aviso prévio dos documentos necessários para análise e confecção de processos.

O secretário da pasta, José Ribamar Dadinho, convida a população a lutar pelos seus direitos. “Muitas vezes as pessoas deixam algum tipo de irregularidade passar por se verem inerte diante da quantidade de processos necessários para realizar uma petição. Aqui na nossa secretaria trabalhamos com esse atendimento para ajudar ao cidadão a conquistar os seus direitos de forma gratuita, disponibilizando um advogado que trabalha nas pequenas causas. Temos conseguido ganhar muitos processos, valorizando dessa forma o trabalhador e criando a cultura de lutar sempre pelos seus direitos. Dessa forma, atingimos a orientação do Prefeito Max Lemos, que é o de cuidar da nossa gente”, destacou.

Quem atende a população é o advogado Marcio Teterino, que explica o processo de atendimento. “Nossa atenção se restringe às pequenas causas, o que beneficia os mais humildes que muitas vezes não têm instrução sobre os procedimentos. Atendemos de forma gratuita e damos todo o acompanhamento no processo e, em casos de ganha de causa, todo o benefício é transferido para os requisitantes”, concluiu.



Via PMQ
09/04/2015

0 comentários :

Postar um comentário