Centro de Tratamento de Hipertensão e Diabetes é referência na Baixada Fluminense

QUEIMADOS - Aliado no tratamento de enfermidades de baixa complexidade, o Centro de Tratamento de Hipertensão e Diabetes (Cethid), localizado no município de Queimados, na Baixada Fluminense, é uma referência na Baixada Fluminense. A unidade, que chegou a ter o apelido de “esqueleto” por ter sua estrutura condenada há mais de 20 anos, foi reinaugurada no final de 2010 com um ambulatório totalmente equipado agora é uma realidade no atendimento aos moradores da região. Os serviços oferecidos são gratuitos e contam com especialidades como Clínica Geral, Cardiologia, Fisioterapia, Endocrinologia, Angiologia e Oftalmologia.

O Centro de Tratamento conta ainda com o centro de imagens de média complexidade especializado em exames de eletrocardiograma, ultrassonografia, eletroencefalograma, ecocardiograma com doppler e o teste ergométrico. O setor tem capacidade para realizar até 300 exames por dia. A unidade ambulatorial, ao todo, conta com cerca de 170 funcionários entre eles: 34 médicos, sete enfermeiros, 20 técnicos de enfermagem, sete fisioterapeutas, um psicólogo, quatro nutricionistas, três assistentes sociais, um farmacêutico, além de servidores do setor administrativo e de manutenção. 

Sob administração da Prefeitura Municipal, a unidade chega a atender mais 2 mil pacientes por dia. A maioria dos pacientes é remanejada das unidades básicas de saúde (UBS) e Estratégias de Saúde da Família (ESFs) para consultas especificas e realização de exames. De acordo com a secretária municipal de saúde de Queimados, Fátima Cristina, para fazer os exames, os pacientes têm que levar encaminhamento médico para a central de regulação da Prefeitura, no próprio Cethid. “Dependendo da complexidade do problema, os resultados são entregues em no máximo 15 dias, mas em casos mais simples, entregamos no mesmo dia. O prefeito Max Lemos tem como prioridade oferecer o melhor atendimento de saúde na história da cidade. A prova disso é a qualidade das equipes técnicas que atuam na unidade e a estrutura oferecida”, comentou.

Para a diretora do Cethid, Maria Deotéria (Deo), a unidade pode ser considerada uma referência em atendimento por ter profissionais comprometidos e qualificados. “Atendemos até 40 mil pacientes por mês. Esse número representa a capacidade que temos em prestar um serviço de qualidade a nossa população. Trabalhamos muito a parte preventiva e de diagnóstico através dos exames para que doenças não se agravem”, disse.

O horário de funcionamento do Cethid é de segunda à sexta, das 7h às 17h, e sábado das 7h às 13h, na Rua Onze, s/n° - Vila Pacaembú. Os pacientes podem entrar em contato com a unidade através do telefone da central de regulação de exames: (21) 2665-8787.

Via PMQ
06/07/2015

0 comentários :

Postar um comentário