Feira da Roça ganha mais um dia

QUEIMADOS - Atendendo a pedidos, a Feira da Roça vai ter mais um dia de funcionamento. A iniciativa de comercialização de alimentos saudáveis e orgânicos, que acontece todas as quintas-feiras e já caiu no gosto popular, passa agora a funcionar também às terças. A medida foi impulsionada pela Prefeitura de Queimados por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Agricultura (SEDRAG) para atender anseios apresentados pela população e pelos produtores rurais do município, que fazem parte da Associação da Feira da Roça de Queimados (AFERQ). Os moradores mostram o apreço por produtos agroecológicos oriundos de técnicas autossustentáveis de plantio, cultivo e comercialização através da agricultura familiar acabando com os estoques logo cedo. A feira é montada na Rua Elói Teixeira junto à rampa de acesso da estação ferroviária, das 6h às 12h.

Os produtores rurais do município recebem capacitação, em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro (Emater-Rio), assessoria técnica e ajuda para comercialização e escoamento de suas produções pela SEDRAG. De acordo com o assessor técnico da secretaria, Paulo Cesar Soares, existe ainda a intenção de levar a feira para outros lugares do município em outros dias da semana. “A produção é diária e a população já acostumou, existe demanda para mais vendas”, destacou. O secretário municipal de Agricultura, Wilson Sampaio Filho, acrescentou que a SEDRAG promove um trabalho integral em todas as regiões rurais do município. “Todas essas medidas consistem em políticas multidisciplinares de desenvolvimento rural”, expôs.

Quem gostou da nova programação foi a cozinheira Carmem Colodete, que comprava mel e hortaliças pela manhã. “Achei muito bom, a gente tinha que chegar aqui cedo, senão já não tinha mais nada. O povo gosta da feira, compra tudo, limpa as barracas. Ter outro dia só vai ajudar”, disse. O vice-presidente do conselho e coordenador geral da AFERQ, Claudino Nicolau – o Dininho também comemora. “Mais um dia é importantíssimo, porque nós sabemos produzir e conseguimos produzir bastante, assim não há desperdício de produção”, afirma. De acordo com o chefe de gabinete da secretaria, Oseas Tiago, a feira acaba dando mais visibilidade ao trabalho dos produtores e, com isso, eles recebem até convites de condomínios para exposição. “Atualmente cerca de 30 agricultores fazem parte da associação e não faltam convites para expor, até em espaços fora da cidade, como nas sedes do INTO e do Ministério da Saúde”, destaca.


Via PMQ
01/07/2015

0 comentários :

Postar um comentário