Crise: Carnaval de Queimados é cancelado

QUEIMADOS- A Prefeitura de Queimados, decidiu nesta segunda-feira (11) cancelar seu tradicional Carnaval de rua. A medida visa o corte de gastos públicos para não interromper os serviços essenciais, como a coleta de lixo, a merenda escolar, o pagamento dos servidores, a compra de medicamentos e a reforma do prédio onde funcionará a maternidade pública - desapropriada no fim do ano passado e prevista para ser inaugurada ainda no primeiro semestre deste ano -. No entanto, a folia não passará em branco na cidade. 16 blocos de rua vão desfilar a partir do próximo dia 30 de janeiro até 8 de fevereiro.

Segue nota na íntegra com a fala do prefeito Max Lemos sobre o cancelamento do Carnaval:

“Todos que conhecem a nossa administração sabem que ao longo de sete anos de gestão, nós procuramos fazer sempre os melhores Carnavais da Baixada Fluminense. Foram sete anos de sucesso, de alegria e de paz para a população. Na verdade, nós não queríamos dar a notícia de não fazer o Carnaval, mas o país vive uma crise econômica muito séria, que não foi criada por nós. Fizemos o nosso papel, fizemos a cidade crescer e se desenvolver, mas a crise está presente e nós não podemos arriscar alguns serviços essenciais para a nossa população. Não podemos arriscar a coleta de lixo, os medicamentos, a merenda das escolas e o pagamento dos nossos funcionários. Consignamos no fim do ano passado os recursos para assumir a maternidade pública e, agora, estamos terminando o projeto nos próximos 15 dias para iniciarmos a reforma completa e colocar a maternidade para funcionar ainda no primeiro semestre. Por essas questões e a crise que se encontra o país, nós não podemos fazer o investimento no nosso Carnaval. Podem ter certeza. Aqui tem um governante que respeita a cultura popular e que respeita a maior expressão cultural do Brasil. Mas, neste momento precisamos ter cuidado e prudência com o investimento do dinheiro público para não deixar nossa cidade entrar na rota de outros municípios que não estão pagando seus funcionários e que não estão cuidando da população. Podem contar comigo, as festas retornarão, mas nesse momento precisamos ter prevenção e cuidado”, Max Rodrigues Lemos, prefeito de Queimados

0 comentários :

Postar um comentário