Ligação mais rápida entre Queimados e Japeri

QUEIMADOS / JAPERI - Estrada intermunicipal de seis quilômetros vai reduzir tempo de viagem para 10 minutos. Projeto inclui ciclovia, iluminação pública, pontos de ônibus e sinalização

Encurtar o tempo de viagem dos moradores e a distância entre os municípios vizinhos de Queimados e Japeri. Esse é o objetivo do projeto que irá pavimentar uma estrada de seis quilômetros, a beira da linha férrea, a partir do Centro de Queimados até o Distrito de Engenheiro Pedreira (Japeri). As obras, que começaram nesta semana com a drenagem da via, têm investimento de quase R$ 25 milhões – verba oriunda do Departamento de Estrada e Rodagens (DER) –. A primeira etapa do projeto vai ligar a Avenida Elói Teixeira até Avenida Guilherme Weinschenk (trecho da antiga Cidade das Crianças até o Rio Camarim, próximo ao túnel), no Centro. A previsão é de que a primeira fase seja concluída até setembro deste ano. 
Já a 2ª etapa irá começar da Rua Luigi Giobbi (ao lado do túnel), na Vila do Tinguá, fazendo ligação até Avenida Delamare, no bairro Jardim Delamare, que faz divisa entre Queimados e Engenheiro Pedreira. As obras de infraestrutura prevêem a construção de uma via de mão dupla com iluminação, sinalização, passeio público, ciclovia e pontos de ônibus. Com as obras, os moradores terão mais uma opção para evitar a utilização da Rodovia Presidente Dutra e chegar mais rápido aos seus respectivos destinos.

Para o prefeito de Queimados, Max Lemos a nova via vai servir como mais uma opção de mobilidade urbana para desafogar o trânsito na região. “A via vai trazer benefícios diretos aos moradores das duas cidades como a redução do tempo de viagem entre elas. Atualmente, os motoristas levam cerca de 30 minutos para chegar a Japeri. Após as obras, o tempo de viagem será reduzido para apenas 10 minutos”, disse. De acordo com Max, “a nova estrada também será importante para o desenvolvimento da cidade, do comércio e da valorização imobiliária dos bairros que beiram a linha férrea”. 

Já o secretário municipal de Obras, Alex Sander dos Reis, diz que o principal benefício da estrada para os moradores das duas cidades será a facilidade de chegar mais rápido aos seus destinos. “Quando falamos em obras de infraestrutura, falamos também de qualidade de vida. Os moradores de Queimados vão chegar mais rápido aos municípios vizinhos. Algo que antes tínhamos que dar uma volta dentro da cidade ou ir pela Rodovia Dutra, agora será feito num trajeto em linha reta e gastando menos tempo. Isso só foi possível porque fizemos o projetos e fomos a luta pelos recursos”, afirmou. 
Valorização imobiliária e mais segurança

Morador da Avenida Guilherme Weinschenk há 10 anos, o motorista Jorge Silva, de 53 anos, comemorou o início das obras por conta da possível valorização dos imóveis e por trazer mais segurança aos moradores. “Esse trecho à beira da linha férrea estava abandonado e sem iluminação pública. Os moradores não podiam passar pelo local de noite por ser perigoso. As obras são muito bem-vindas porque vão valorizar as casas da região além de proporcionar mais segurança para a população com iluminação, trânsito de pessoas e veículos”, comentou Jorge, com o filho Pedro Lucas, de 7 anos, no colo.

Via PMQ
12/06/2016

0 comentários :

Postar um comentário