Para varrer a crise e gerar novos empregos

QUEIMADOS - Grupo Limppano inaugura sua segunda fábrica no Estado do Rio e anuncia expansão das atividades produtivas em Queimados, na Baixada Fluminense

A crise econômica nacional parece ter feito uma curva quando o assunto é a chegada de novas fábricas ao Distrito Industrial de Queimados, na Baixada Fluminense. Nesta sexta-feira (3), a Prefeitura de Queimados inaugurou uma unidade de produtos de limpeza: a Burn Indústria, que pertence ao grupo Limppano. Com investimentos de R$ 12 milhões e cerca de 100 empregos diretos gerados, a empresa vai produzir além de materiais tradicionais como lã de aço e vassoura, produtos saneantes, entre eles a pastilha adesiva e evita morfo, utilizados em vasos sanitários. Além de Queimados, o grupo possui uma fábrica na Pavuna, Zona Norte do Rio.

A expectativa é de que a capacidade produtiva chegue até a 500 mil peças de cada item por mês e que elas circulem em todo o mercado nacional e também Sul-americano. Antes mesmo do início das operações, a empresa já adquiriu um novo terreno com 20 mil metros quadrados, ao lado da fábrica inaugurada, para a expansão das atividades. O investimento é de R$ 8 milhões e mais 80 novas vagas de trabalho devem ser criadas.

De acordo com o prefeito Max Lemos o Distrito Industrial de Queimados já soma 41 empresas e até o final do ano passado, recebeu mais de R$ 1 bilhão de investimentos frutos da iniciativa privada. “Fico muito feliz, porque apesar de toda a crise, os investidores continuam vendo em nossa cidade segurança para aplicar seus recursos. Isso é fruto de uma semente que plantamos lá atrás quando tínhamos apenas 7 indústrias, sendo que duas estavam de saída. Em julho, será a vez da Piraquê inaugurar oficialmente a sua fábrica de biscoitos, que será a mais moderna da América Latina”, adiantou Lemos.

Produção sustentável

Entre os carros-chefe da fábrica está a produção de vassouras, entre elas o modelo "Não Risca", feita com cerdas macias, resistentes e especiais para pisos lisos e delicados. O objeto conta com cabo inclinado que facilita a limpeza sob os móveis. Mas, o grande detalhe de tudo é a sustentabilidade. “Utilizamos 12 tampas de garrafas pets e uma garrafa e meia para compor a parte do pêlo da vassoura”, revelou Alex Buchheim, um dos sócios da empresa.

Ainda de acordo com ele, a expansão dos serviços permitirá que a fábrica de Queimados tenha uma linha exclusiva de produtos saneantes relacionados à limpeza. Segundo ele, a terraplanagem do terreno começa a ser feita a partir da próxima semana e a previsão de inauguração é para o segundo semestre de 2017. “Nos últimos dois meses intensificamos as contratações de mão de obra, de preferência local, e começamos a atuar em dois turnos. Nossa meta é dobrar a produção, por isso, passamos a atuar em dois turnos”, disse.

Entre as funcionárias recém-contratadas, está a Auxiliar de Produção Elisângela Kaiser, de 36 anos. Moradora do bairro Santa Rosa, ele começou a trabalhar de carteira assinada na fábrica há pouco mais de um mês e já vê a vida mudar para melhor após receber seu primeiro salário. “Sou casada, tenho quatro filhos. O serviço fica a 10 minutos da minha casa, além de ser rápido, consigo ter tempo para cuidar das crianças e ajudar meu marido no sustento de casa”, comemorou.

Via PMQ
04/06/2016

0 comentários :

Postar um comentário