Queimados comemora aniversário de emancipação com solenidades e inaugurações de equipamentos públicos


QUEIMADOS - Devido à crise econômica nacional, o município de Queimados optou por entregar clínica da família e campo de futebol ao invés de realizar os tradicionais shows.

Dos laranjais, passando pela Estrada de Ferro inaugurada pelo imperador D. Pedro II ainda no século XIX, até chegar ao vapor das fábricas instaladas no Distrito Industrial que alavancam a economia local. Haja história para contar até a conquista da emancipação de Queimados, que completa, na próxiama sexta-feira (25), 26 anos. Para festejar a data, nada de shows e grandes festas. Devido à crise econômica nacional que afetou a arrecadação dos municípios de todo o Brasil, a Prefeitura optou para dar como presente à população a entrega de obras, como a da Clínica da Família, no bairro Inconfidência e o campo de futebol no bairro São Roque.

A programação teve início na segunda-feira (21) com a realização de um culto de ação de graças na Igreja Assembleia de Deus de Queimados (IADQ), inclui também missa na Paróquia São Francisco de Assis (Quinta-feira), sessão solene na Câmara Municipal (Sexta-feira) para homenagear as pessoas que lutaram pela emancipação e a exposição “Retratos da Minha Terra”, do fotógrafo queimadense, Walter Mesquita, que exibirá imagens a partir deste sábado até o fim de dezembro da história da cidade, da época do império aos dias atuais, no Centro de Artes e Esportes Unificados do bairro São Roque.

Encerrando o seu segundo mandato, o prefeito Max Lemos diz que o sentimento é de dever cumprido. “Já estou com saudades de ser prefeito de Queimados. Nesses últimos dias tem passado um filme na minha cabeça sobre tudo o que fizemos nos últimos oito anos. Trouxemos 34 novas fábricas, asfaltamos 500 ruas, construímos mais de 5 mil casas populares, fizemos creches, reformamos e construímos escolas. Tenho muito orgulho de entrar para a história da cidade que nasci e me criei. Não será possível fazer shows para festejar por conta da crise, mas vamos comemorar entregando equipamentos públicos importantes para a nossa gente”, destacou.

Histórias de um grito de liberdade

A força da juventude nos tempos áureos da década de 80, hoje, dá lugar aos cabelos esbranquiçados dos "emancipadores de Queimados", ainda vivos. O economista e prefeito eleito Carlos Vilela (65), o pastor Josias Matos (74) e o professor Luiz Alonso (76). As lutas e dificuldades para conseguir o tão sonhado grito de independência, atualmente fazem parte apenas da lembrança, porém cada detalhe, reunião, todas as assinaturas e votos, estão a cada dia mais vivos na memória de cada um desses guerreiros. 

No dia 10 de julho de 1988, os queimadenses foram às urnas pela primeira vez em busca da emancipação, mas o quórum necessário não foi atingido. A diferença de 12.254 votos para alcançar o mínimo exigido por lei deu-se em grande parte as abstenções de Engenheiro Pedreira e Japeri.

"Na primeira tentativa, a delimitação era bem maior, pois englobava Japeri, Engenheiro Pedreira e Cabuçu. Não conseguimos na primeira vez, isso nos frustrou muito, mas não desistimos", recorda Vilela, que presidiu a comissão de emancipação.

O revés não desanimou a luta dos bravos guerreiros. Com a promulgação da constituição de 1988, articulou-se novamente uma comissão pró-emancipação, que recebeu o nome de Associação dos Amigos para o Progresso de Queimados (AAPQ). "Excluímos os locais que não tinham ligação com a cidade e buscamos o apoio maior de grupos religiosos, como os evangélicos", conta o professor Luiz Alonso. A iniciativa deu certo e a vitória veio em 1990. Dos 57.465 mil eleitores da época, 35.120 mil votaram a favor da emancipação.

Programação do 26º aniversario de Emancipação de Queimados:

24/11 (Quinta-feira) - Missa de ação de graças na Paróquia de São Francisco de Assis, às 19h
25/11 (Sexta-feira) - Sessão Solene na Câmara Municipal, às 18h
26/11 (Sábado) -
10h - Inauguração da Clínica da Família do bairro Inconfidência
11h- Abertura da exposição fotográfica Retratos da Minha Terra por Walter Mesquita - CEU São Roque
27/11 (Domingo) - Inauguração do Campo do São Roque, às 9h

Via PMQ

0 comentários :

Postar um comentário