Light no combate ao furto de energia: Mais de 1.200 irregularidades em Queimados


QUEIMADOS - A Light identificou hoje 1.229 irregularidades no consumo de energia em operação de combate ao furto de energia em Queimados. Cerca de 700 profissionais participaram da ação na Baixada Fluminense. A empresa executou um total de 1.444 inspeções em estabelecimentos comerciais e residenciais da região, resultando em 85% de efetividade.

O Superintendente de Recuperação de Energia da Light, Rainilton de Andrade, informa que a empresa aumentou em 30% o seu efetivo de combate à fraude em função do verão, quando há maior volume de energia furtado, e destaca uma das novas abordagens dos operativos:

“Como novidade, a Light realizou hoje, por meio de equipe especializada, a negociação de débitos com 38 clientes inadimplentes com a companhia. Continuaremos atuando fortemente no combate ao furto de energia, que, além de ser um crime, pode causar acidentes e sobrecarga na rede elétrica, trazendo prejuízos para toda a população”, conta Andrade.

Durante toda a operação, a companhia disponibilizou sua Agência Móvel de Atendimento, na Praça Dr. Rubens de Lima (Av. Prof Avelino Xanxão com R. Eloy Teixeira), para prestar serviços diversos aos clientes como, por exemplo, pedido de ligação nova, segunda via de conta, análise de contas, vistorias técnicas, parcelamento de débitos, transferência de titularidade, encerramento de contrato, entre outros.

Prejuízos do furto de energia

O furto de energia é crime, amplia a probabilidade de interrupções no fornecimento, pois causa sobrecarga no sistema elétrico, e pode ocasionar acidentes fatais, além de incêndios e danos à rede da Light. Se não houvesse furto de energia as contas seriam 17% mais baratas.

A empresa conta com o apoio da população para que denuncie o furto de energia. Basta entrar em contato por meio dos seguintes canais:www.light.com.br, pelo Call Center 0800 021 0196 ou pelas redes sociais (twitter.com/lightclientes e facebook.com/lightclientes).

Via 

0 comentários :

Postar um comentário