Vacina contra a Covid-19; confira as principais dúvidas e respostas

Abaixo, confira as principais perguntas e respostas sobre a vacina: O Brasil já aprovou o uso de alguma vacina? Quando a vacinação vai começ...


Abaixo, confira as principais perguntas e respostas sobre a vacina:

  1. O Brasil já aprovou o uso de alguma vacina?
  2. Quando a vacinação vai começar?
  3. Quanto tempo após tomar a vacina eu estarei imunizado contra a Covid-19?
  4. Quem já teve Covid deve ser vacinado?
  5. Quais documentos são necessários para vacinar?
  6. As vacinas que utilizam a técnica do RNA alteram meu código genético?
  7. O que significa a taxa de eficácia de uma vacina?
  8. Com uma taxa de eficácia de 50,38%, a CoronaVac é capaz de imunizar a população?
  9. É verdade que a vacina de Oxford não é eficaz em idosos?
  10. Por que quem tem alergia corre risco com a vacina da Pfizer?
  11. Faz mal misturar doses de vacinas diferentes?
  12. Um mesmo tipo de vacina funcionará para todas as pessoas?
  13. A vacinação contra a Covid-19 acabará com o coronavírus?
  14. Para quem as vacinas contra a Covid-19 não são indicadas?
  15. A pessoa vacinada pode contrair o vírus e/ou transmitir para outras pessoas?
  16. Posso ser infectado pelo coronavírus ao tomar a vacina?
  17. A vacina será obrigatória?
  18. Quanto tempo durará a proteção da vacina contra a Covid-19 ? Terei que tomá-la todo ano, igual a vacina da gripe?
  19. Quando teremos imunidade de rebanho com a vacinação?
  20. Quais os efeitos colaterais normais das vacinas contra a Covid-19 e quanto tempo eles podem durar?
  21. Não sou grupo de risco, não sei quando serei vacinado pelo SUS. Poderei comprar a vacina em uma clínica particular?
  22. Posso parar de usar a máscara e álcool em gel após me vacinar?
  23. Quanto tempo após tomar a vacina eu poderei frequentar festas, bares, aglomerações etc?

1 - O Brasil já aprovou o uso de alguma vacina?

Atualmente, a Anvisa analisa dois pedidos de uso emergencial no país, feitos na última sexta (8):

da Fiocruz, para a vacina desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford;
e do Instituto Butantan, para a vacina Coronavac, em parceria com o laboratório Sinovac.

A autorização de uso emergencial é temporária, vale apenas para o período de pandemia e até a vacina receber o registro definitivo. O uso, nesse caso, é destinado apenas para o público previamente definido e testado nos estudos.

Além disso, as farmacêuticas Pfizer e BioNTech e Janssen e Johnson & Johnson também realizam testes no país. De acordo com a Anvisa, a Pfizer já apresentou dados primários de eficácia e segurança da fase 3 de testes, mas ainda faltam documentos complementares. Já a Janssen ainda não entregou dados da fase 3.

2 - Quando a vacinação vai começar?

O plano nacional de vacinação apresentado pelo governo em dezembro não estabeleceu data para o início da vacinação, mas a estimativa do Ministério da Saúde é que a vacinação comece entre 20 de janeiro e 10 de fevereiro.

A vacinação só pode ocorrer após a liberação, pela Anvisa, de uso emergencial ou registro para as candidatas. Segundo o ministério, 254 milhões de doses da Fiocruz e 100 milhões de doses do Butantan já foram negociadas.

3 - Quanto tempo após tomar a vacina eu estarei imunizado contra a Covid-19?

Mesmo após as duas doses da vacina, nosso organismo não gera uma resposta imune imediata, explica o infectologista Jose Geraldo Leite Ribeiro, vice-presidente regional da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm).

“A proteção se dá um tempo após a aplicação da segunda dose, e esse tempo varia de acordo com cada vacina. Na maioria delas, a imunidade acontece a partir de dez ou vinte dias após a segunda dose”, afirma.

4 - Quem já teve Covid deve ser vacinado?

Sim. Especialistas dizem que os dados iniciais indicam que a vacina deve ser aplicada em que já teve a doença. A vacina pode oferecer uma imunidade mais duradoura e trazer mais benefícios em relação à nossa imunidade natural.

5 - Quais documentos são necessários para vacinar?

Segundo o plano de imunização do governo, todas as pessoas serão vacinadas, mesmo que não apresentem algum documento. Basta comprovar que pertence ao grupo prioritário correspondente à fase da vacinação. Entretanto, para fazer o controle, o Ministério da Saúde diz que é importante informar o número do CPF ou apresentar o Cartão Nacional de Saúde (CNS) – o Cartão do SUS (veja como se cadastrar abaixo).

6 - As vacinas que utilizam a técnica do RNA alteram meu código genético?

Não. A sequência genética humana não é afetada pela técnica do RNA, que é nova e vem sendo usada em vacinas em testes pelo mundo, com bons resultados. Duas vacinas usam essa técnica: a da Moderna e a da Pfizer/BioNTech (veja mais no vídeo abaixo). O mRNA (RNA mensageiro) leva a mensagem de qual proteína a célula deve produzir. Depois que entrega a mensagem, o mRNA se degrada rapidamente. "O mRNA não permanece e não tem como ele se integrar no nosso DNA ou alterá-lo", explica Denise Garrett, epidemiologista e vice-presidente do Instituto Sabin.

7 - O que significa a taxa de eficácia de uma vacina?

Esse conceito se aplica apenas quando estamos falando de vacinas em fase 3 de estudos. Por isso, os dados de eficácia são calculados em ambientes controlados, em que os cientistas monitoram os participantes do estudo.

A taxa de eficácia representa a proporção de redução de casos entre o grupo vacinado comparado com o grupo não vacinado.

Eficácia da CoronaVac — Foto: G1

Na prática, se uma vacina tem 90% de eficácia, isso significa dizer que 90% das pessoas que tomam a vacina ficam protegidas contra aquela doença.

8 - Com uma taxa de eficácia de 50,38%, a CoronaVac é capaz de imunizar a população?

A CoronaVac registrou 50,38% de eficácia global nos testes realizados no Brasil. O índice aponta a capacidade da vacina de proteger em todos os casos – sejam eles leves, moderados ou graves. O percentual está acima do mínimo recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e também pela Anvisa: 50%.

Para especialistas, a vacina é boa e vai ajudar a frear a pandemia do coronavírus no Brasil. Além disso, a eficácia é mais alta para casos leves, graves e moderados. A eficácia para casos leves é de 78%. E para casos graves e moderados, de 100%. Com isso, especialistas avaliam que ela tem efeito de evitar internações e óbitos.

Taxas de eficácia da CoronaVac — Foto: Divulgação/Instituto Butantan

9 - É verdade que a vacina de Oxford não é eficaz em idosos?

Não é possível afirmar isso. Os dados apresentados no estudo de fase 3 não mostram que a vacina não seja eficaz em pessoas com mais de 55 anos. Pesquisadores explicam que o recrutamento de idosos começou mais tarde que o de adultos mais jovens.

A eficácia não foi avaliada, pois é preciso ter um número suficiente de casos de Covid-19 entre os voluntários para indicar que a vacina está protegendo. Em novembro, um estudo de fase 2 da vacina de Oxford mostrou que ela foi capaz de estimular o sistema imunológico, desencadeando uma resposta forte em idosos, ou seja, com boa imunogenicidade nessa faixa etária.

10 - Quem tem alergia corre risco com a vacina da Pfizer?

Não é bem assim. Os reguladores britânicos explicaram que qualquer pessoa com histórico de reação alérgica significativa a uma vacina, medicamento ou alimento não deveria tomar a vacina. Isso acontece também com outras vacinas, para outros vírus.

A Pfizer excluiu pessoas com histórico de reações adversas significativas às vacinas ou aos ingredientes de seu imunizante nos testes.

O diretor médico do NHS, o serviço público de saúde britânico, Stephen Powis, disse que "como é comum com as novas vacinas, a MHRA aconselhou, por precaução, que pessoas com histórico significativo de reações alérgicas não recebam esta vacina".

11 - Faz mal misturar doses de vacinas diferentes?

Ainda não existem evidências sobre o intercâmbio das vacinas candidatas. A princípio, caso uma vacina exija duas aplicações, a previsão é que você tome as doses do mesmo imunizante. Entretanto, pesquisadores da AstraZeneca (desenvolvedora da vacina de Oxford) vão investigar o uso combinado da sua vacina com a Sputnik V, da Rússia.

Eles disseram que o intercâmbio das vacinas pode aumentar a eficácia da imunização contra o coronavírus.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco, alertou sobre as vacinas diferentes. "É importante saber qual foi a vacina que o cidadão vier a tomar. Há risco de reação adversa grave para quem tomar doses de vacinas diferentes".

12 - Um mesmo tipo de vacina funcionará para todas as pessoas?

Não. Além de casos específicos em certos grupos – grávidas, mulheres amamentando e alérgicos, entre outros –, há a questão da faixa etária. Nosso sistema imune muda com a idade; logo, a resposta às vacinas também.

Por isso, uma vacina que seja eficaz e segura em adultos pode não ser para crianças ou idosos, e vice-versa.

Segundo a Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm), todos estes fatores devem ser levados em conta na hora do governo estruturar um Plano Nacional de Imunização (PNI), prevendo que serão precisos mais de um tipo de vacina.

13 - A vacinação contra a Covid-19 acabará com o coronavírus?

Ainda não se sabe. Em maio, a OMS afirmou que não há como prever quando se o coronavírus irá desaparecer um dia, mesmo com uma vacina (veja mais no vídeo abaixo).

Porém, ainda que a vacina não seja capaz de fazer o vírus desaparecer, ela será capaz de interromper as cadeias de transmissão e conter a disseminação entre as populações.

A previsão dos cientistas e da própria OMS é que o coronavírus se torne endêmico: à exemplo do que ocorre com o Influenza, que infecta novas pessoas todos os anos, o vírus continuará em circulação infectando aqueles que estiverem suscetíveis à Covid-19.

"É muito difícil prever quando vamos prevalecer sobre o vírus", disse o diretor de emergências da OMS em maio, Michael Ryan. "E pode ser que isso nunca aconteça. Pode ser que [o coronavírus] nunca desapareça, que se torne endêmico, como outros vírus."

14 - Para quem as vacinas contra a Covid-19 não são indicadas?

Até o momento, apenas a farmacêutica Pfizer desenvolvida em parceria com a BioNtech divulgou a bula da sua vacina contra a Covid-19. O documento informa que grávidas e mulheres que estão amamentando não poderão tomar o seu imunizante.

Do mesmo modo, as vacinas desenvolvidas pela Moderna e pela Universidade de Oxford não permitiram grávidas entre seus voluntários para os testes de fase 3.

Na Rússia, onde a vacina já começou a ser aplicada em trabalhadores mais expostos ao vírus, pessoas com mais de 60 anos, pacientes com doenças crônicas, mulheres grávidas ou lactantes não estão sendo imunizados.

Pessoas com histórico significativo de reações alérgicas, à algum alimento, à medicamentos ou à outras vacinas também não deverão receber as vacinas contra a Covid-19 disponíveis até o momento.

15 - A pessoa vacinada pode contrair o vírus e/ou transmitir para outras pessoas?

Estudos já comprovaram que algumas vacinas em estágio final são seguras e eficazes. Agora, cientistas analisam se, além de evitar o desenvolvimento dos sintomas e a morte por Covid-19, as vacinas são capazes de impedir que a pessoa se infecte e transmita o vírus.

"O que sabemos até agora das vacinas que a gente tem resultado de fase 3 é que elas protegeram contra doença, contra sintomas da Covid e tem alguma indicação de que pode também estar protegendo contra doença grave. A gente ainda não sabe se essa vacina protege de infecção”, explica Denise Garrett, vice-presidente do Programa de Epidemiologia do Instituto Sabin.

Essa resposta virá na fase 4 – quando começa a vigilância pós-vacinação em massa. "A gente tem que esperar uma certa porcentagem da população estar imunizada para poder ter um grande impacto na transmissão”, afirma Garrett.

“O desejável é que a proteção fosse contra a infecção e a doença, pois assim a vacinação teria um impacto maior sobre a circulação do vírus. Mesmo assim, neste momento desesperador, o que precisamos é que as pessoas do grupo de risco parem de morrer pela doença, que as taxas de internação e morte diminuam”, complementa Ribeiro, infectologista e vice-presidente regional da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm).

16 - Posso ser infectado pelo coronavírus ao tomar a vacina?

Não, pois nenhuma vacina em testes contém o vírus vivo. “A vacina contra a covid-19 é uma ‘vacina morta’, ou seja, são inativadas, não contém o vírus vivo. Portanto, é impossível você ser infectado ao se vacinar”, explica Ribeiro.

17 - A vacina será obrigatória?

Na prática, as vacinas no Brasil já são 'obrigatórias'. Em diversos estados e cidades brasileiras, quem quiser matricular filhos em colégios públicos, por exemplo, precisa mostrar cadernetas de vacinação em dia. A necessidade de apresentação de caderneta também é obrigatória para quem quer disputar cargos públicos no Brasil e imunização em dia é ‘condição necessária’ para quem se inscreve no Bolsa Família. Outro exemplo de “obrigatoriedade” é a vacina de febre amarela. Segundo a OMS, 127 países exigem a vacinação contra a doença.

Em dezembro, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a aplicação de medidas restritivas para quem se recusar a se vacinar contra a Covid-19. Eles entenderam que essas medidas são necessárias porque a saúde coletiva não pode ser prejudicada por decisão individual.

Para os ministros, a vacina obrigatória não significa a vacinação forçada da população. Entre as medidas estão a “restrição ao exercício de certas atividades ou à frequência de determinados lugares, desde que previstas em lei, ou dela decorrentes” e com respeito “à dignidade humana e aos direitos fundamentais das pessoas”.

18 - Quanto tempo durará a proteção da vacina contra a Covid-19 ? Terei que tomá-la todo ano, igual a vacina contra a gripe?

Ainda não é possível saber quanto tempo durará a proteção gerada pelas vacinas.

“Os voluntários que fizeram parte dos testes de fase 3 serão acompanhados durante muitos anos para termos noção da duração da imunidade gerada pela vacina. É impossível dizer, com segurança, neste momento, qual será essa duração. Três anos? Dez anos? É uma resposta que teremos somente com o tempo”, explica Ribeiro.

19 - Quando teremos imunidade de rebanho com a vacinação? Quantos por cento da população precisará ser imunizada?

A imunidade de rebanho acontece quando muitas pessoas adquirem anticorpos ou uma resposta imunológica a uma determinada doença infecciosa. O agente patogênico passa a encontrar menos pessoas sem imunidade e encontra dificuldade em se propagar, ou seja a cadeia de transmissão da enfermidade é interrompida.

Para Ribeiro, é imprudente estimar quando e em qual taxa de população vacinada ocorrerá a imunidade de rebanho.

“Há autores que, por meio de modelos matemáticos, estimam que pelo menos 60% da população tem que ser vacinada para gerar imunidade de rebanho, mas é uma estimativa teórica. Eu não assinaria embaixo”, , explica o infectologista da SBIm.

“Geralmente, esse dado só é conhecido depois que se vacina grande parte da população e a acompanha durante 3 ou 4 anos", diz.

Outro fator a se considerar é que apenas os grupos de risco serão vacinados em 2021, uma parcela muito pequena da população.

"A vacinação em 2021 não vai interferir na circulação do coronavírus. Além disso, temos que lembrar que nenhuma das vacinas em teste é 100% eficaz. Se uma vacina tem eficácia de 95%, como a da Moderna, por exemplo, quer dizer que a vacina falhou em cinco a cada cem pessoas vacinadas", completa Ribeiro.

20 - Quais os efeitos colaterais normais das vacinas contra a Covid-19 e quanto tempo eles podem durar?

No geral, as vacinas geraram dor no local da aplicação e vermelhidão. "As vacinas em testes mostraram, até o momento, apenas eventos adversos leves, como vermelhidão, dor e, às vezes, febre baixa. Apenas a vacina da Pfizer, com 1,8 milhões de doses aplicadas, ocorreram três casos de eventos adversos mais sérios em alérgicos, mas que evoluíram bem", explica Ribeiro.

21 - Não sou grupo de risco, não sei quando serei vacinado pelo SUS. Poderei comprar a vacina em uma clínica particular?

Ainda não há uma previsão de quando as clínicas particulares conseguirão comprar lotes das vacinas contra a Covid-19 que forem aprovadas no Brasil.

Isso porque a orientação dos órgão de saúde nacionais e internacionais é que todas as doses produzidas pelos laboratórios neste primeiro momento sejam direcionadas aos governos, com a finalidade de garantir que as pessoas dos grupos de risco sejam imunizadas o mais breve possível.

Assim, a resposta para esta pergunta dependerá, entre outros fatores, da capacidade de produção e entrega pelas farmacêuticas para atender tanto os governos como as clínicas particulares.

22 - Posso parar de usar a máscara e álcool em gel após me vacinar?

Não. A Organização Mundial da Saúde (OMS) defende que precauções contra a transmissão da Covid-19 sejam mantidas mesmo por quem já estiver vacinado. A cientista-chefe da entidade, Soumya Swaminathan, disse que, até que as pesquisas sejam conclusivas, todos que tomarem vacinas precisam continuar mantendo o distanciamento, usando máscaras, higienizando as mãos. O diretor de emergências da OMS, Michael Ryan, alertou que as vacinas não significam zero Covid. "Vacinas e [campanhas de] vacinação não resolverão por si só o problema". As vacinas candidatas contra Covid-19 em estágio mais avançado precisam de duas doses – e entre uma dose e outra existe um intervalo de semanas. O vírus continuará circulando até termos a cobertura vacinal e isso levará um tempo.

23 - Quanto tempo após tomar a vacina eu poderei voltar a frequentar festas, bares, aglomerações etc?

Ribeiro explica que o mais seguro é que estes eventos não ocorram até que pelo menos metade da população seja vacinada. "As pessoas precisam ter consciência que a vacinação em 2021 não vai conseguir interferir na circulação do vírus e que as que forem vacinadas ainda poderão transmiti-lo. Por isso, mesmo que você seja vacinado em 2021, você terá que manter cuidados, evitar aglomerações, usar máscara etc para não transmitir o vírus a quem não foi vacinado. Ou seja, não será seguro frequentar esses eventos antes de 2022, quando esperamos que mais da metade da população seja imunizada."

Via G1

COMENTÁRIOS

Nome

24º BPM,1,Abuso Sexual,2,Ação Social,19,Acessibilidade,4,Acidente,18,Acontecimentos,22,Adoção,4,Adote um amigo,2,Aedes Aegypti,2,Aeroclube,1,Aeronáutica,1,Agressão,4,Agricultura,10,Água,23,Aids,2,Alagamento,14,Alagamentos,1,Alerj,8,Alerta,3,alimentos,4,Aluguel Social,2,Ambev,1,animais,14,animal,7,aniversário,3,Aniversário da Cidade,1,Aniversário de Queimados,2,Ano Letivo,2,Anthony Garotinho,1,Anvisa,3,aplicativo,14,aposentado,9,Apreensão,20,Apresentador,1,Arco Metropolitano,1,arrastão,1,arte,3,Artes,5,Artesanato,5,artista,4,asfalto,1,Assalto,29,Assassinato,6,Assistência Social,38,Atendimento,10,atropelamento,1,aulas,3,Austin,4,Auxilio Emergencial,3,Auxílio Emergencial,72,Bairro Ponte Preta,2,Baixada Fluminense,7,Baixada Fluminense,1227,Banco do Brasil,3,Bancos,9,Batalhão de Choque,1,baxiada fluminense,1,BBB,1,Beleza,1,Belford Roxo,8,benefício,1,BiblioSesc,1,Bilhete Único,2,Bolsa Família,33,Bolsonaro,3,brasil,73,Brasília,1,briga,1,CAC,2,Cadastro Único,4,Caixa,22,caixa econômica,3,Caixa Econômica Federal,27,caixa eletrônico,1,Campeonato Carioca,3,Capacitação,1,Capoeira,2,Caps,1,Carlos Vilela,2,Carnaval,19,carro,1,Casa do Artesão,1,CBM Oliveira Freire,1,CCR Nova Dutra,9,CEAM,2,CEDAE,43,cedea,1,Cefet,1,CEJA,1,Celti,8,celular,1,CEMEQ,2,CEO,1,Chacina,1,Chacina da Baixada,2,Chuva,20,Chuvas,9,Cidadania,64,Cinema,7,Circo Volante,1,Clínica da Família,5,CMDCA,2,Colégio Militar,3,Coleta de Lixo,7,Coleta de Óleo,14,Combate à Exploração do Trabalho Infantil,1,combustível,3,Comércio,8,Comida,2,Comunicação,7,Comunidade da Charrete,1,Concurso,13,Concurso Público,13,Conferência de Saúde,1,Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente,1,Conselho Tutelar,5,Consumidor,2,Conta de Luz,3,Conta Poupança,1,Coronavirus,2,Coronavírus,87,Corpo de Bombeiros,12,Correios,7,Corrida,1,Corrupção,3,covid-19,96,Covid19,20,CPA,1,Cras,5,criança,3,Crime,16,Crime contra o idoso,2,Crime Sexual,1,Cultura,106,Curso,18,cursos,2,DEAM,1,Defesa Civil,33,Defesa Civil de Queimados,3,Deficiência,5,Dengue,2,Denúncia,6,Desaparecido,9,desemprego,3,Desenvolvimento,2,Desfile Cívico,3,Detran,20,Detran-RJ,26,Detro,3,DHBF,91,Dia D,1,Dia das Crianças,2,Dia do Trabalhador,1,Dia Internacional da Mulher,3,dinheiro,12,Direitos Humanos,8,Distrito Industrial de Queimados,1,Dívidas,6,Doação,16,Doação de Sangue,8,Doações,1,DPVAT,3,Drogas,4,DST,2,Duque de Caxias,6,Dutra,6,Ebola,1,econimia,1,Economia,122,Eduardo Cunha,1,Eduardo paes,1,Educação,180,Educação Municipal de Queimados,1,EJA,4,Eleição,6,Eleições,11,Eleições 2014,1,Eleições 2016,1,Eleições 2018,3,Empreendedorismo,2,Empreendimento,1,Emprego,33,empresa,1,empresas,3,Encceja,1,Enem,12,Energia,7,Engenheiro Pedreira,1,ensino,1,Escola Municipal,1,Escola Municipal Batista,1,Escola Municipal Professor Alberto Pirro,2,Esporte,69,Estado,4,Estado de emergência,4,Estágio,4,Estupro,6,Evento,24,Exploração Sexual,2,Exposição,1,Fábrica,2,Facebook,2,Faetec,11,Falta de água,12,Farmácia Popular,1,Febre Amarela,1,Feira da Roça,2,Feminicídio,3,Feriado,13,Feriados,1,férias,1,Festa,4,Festa Junina,1,FGTS,8,FIA,1,Fies,1,Fim De Ano,1,fiocruz,3,FIRJAN,9,fiscalização,13,FUNDEB,1,furto,4,Futebol,6,Futsal,1,fuzil,2,Gasolina,3,Gastronomia,1,GLBT,1,Globo,2,Golpe,7,Google,1,Governador,9,Governo do Estado,28,governo estadual,2,Governo Federal,30,Grávida,3,Greve,7,Guandu,7,Guarda Municipal,7,guerra do tráfico,1,há vagas,2,habilitação,2,habitação,7,HDBF,1,HIV,2,Homem,5,Homenagem,4,Homicídio,154,Horário de Verão,3,humor,1,IBGE,7,Idoso,21,Igreja Nossa Senhora da Conceição,1,Imposto,3,Imposto de Renda,9,Inauguração,7,incêndio,1,Inclusão Social,4,Industria,2,indústria,1,Inep,3,Informação,1,Infraestrutura,4,Inscrições,2,Inss,8,internet,5,investimento,1,IPTU,4,IPVA,6,Iran Lemos,1,Itaguaí,1,jair bolsonaro,4,Japeri,5,Jogos da Baixada,1,Jovem Aprendiz,2,Judô,1,Justiça,12,Justiça Eleitoral,1,Kickboxing,2,Lazer,20,Lei,2,Lei Aldir Blanc,2,Leilão,7,LGBT,4,LGBTI,1,Libras,2,Licenciamento Anual,1,Light,34,Limpeza Urbana,7,Linha Vermelha,1,lockdown,1,Lojas Americanas,2,Luz,2,Manifestação,1,Manutenção,16,Manutenção da Light,6,Marcelo Fernandes,1,Maria da Penha,2,Maternidade,6,Matrículas,1,Max Lemos,8,MEC,6,Mega da Virada,1,Mega-sena,1,Meio Ambiente,60,Menor,1,Menor infrator,1,Mesquita,12,metro,1,MEtrô,2,Milícia,21,Minha Casa Minha Casa,2,Minha casa minha vida,3,Ministério Público,3,Mobilidade,1,mobilidade urbana,3,Moda,2,Moradia,2,morte,73,moto,1,motos apreendidas,2,MotoTáxi,2,MPRJ,2,Mulher,24,Multivacinação,3,Música,1,NAE,1,Natal,3,Nilópolis,2,Nova Dutra,1,Nova Iguaçu,46,Obras,48,Obras da Cidade,1,Obras da Prefeitura,4,Oi,1,OMS,1,Ônibus,4,Operação,1,Operação Baixada Segura,1,Operação Brasil Integrado Rio,1,Operação Tapa-buracos,1,oportunidade,2,Outubro Rosa,2,Ovni,1,PAC,1,Pagamento,14,Palestra,5,Passagem de ônibus,1,Pedágio,1,Pedofilia,2,pensionista,2,Petrobras,9,Pezão,1,PIS/PASEP,9,PMDB,1,PMERJ,3,PMQ,6,Polícia,574,Polícia Civil,65,Polícia Federal,7,Polícia Militar,23,Polícia Rodoviária Federal,2,Poliomielite,3,Politica,1,Política,55,Ponto Facultativo,3,praia,2,Pre-carnaval,1,preços,9,Prefeito,9,Prefeitura,41,Prefeitura de Queimados,65,Prejuízos,2,Preso,4,Previdência,4,PREVIQUEIMADOS,7,PRF,7,prisão,126,Processo Seletivo,13,Procon,9,produtores rurais,5,Proeis,9,Proerd,1,Professores,5,Programa mais médicos,1,Programa Minha Casa Minha Vida,2,Programa Nova Fronteira do Plástico,1,Programa Trainee 2016,1,Pronatec,3,Protesto,6,Provas,4,PSE,1,queiamdos,1,Queim,1,Queimado,3,Queimados,2256,Ramal Japeri,2,RCB,1,receita estadual,1,Receita Federal,7,Receptação,2,reclamações,1,Rede de Esgoto,1,rede estadual de ensino,3,rede municipal de ensino,1,rede municipal de ensino de Queimados,8,REDEC-2,1,Religião,2,Rio,2,Rio Claro,1,Rio de Janeiro,61,Roda de Conversa sobre segurança LGBT,1,Rodovia Presidente Dutra,5,roubo,43,Roubo de Carga,1,salário,15,SAMU,2,Saneamento,10,Saneamento Básico,3,sangue,1,São João de Meriti,3,São Jorge,1,Sarampo,3,saúde,299,Secretaria de Educação de Queimados,2,secretário de obras,1,Sedrag,1,Seeduc,5,Segurança,24,Segurança Presente,6,Semana da Pátria,1,SEMAS,3,SEMDHEPROC,1,Semti,1,SEMUS,1,Semustran,2,Senac,5,Senai,1,SEOBRAS,1,Sequestro,6,Serasa,3,Sérgio Mouro,1,Seropédica,1,Serviços da Prefeitura,20,Servidores,6,Show,14,SINE,10,Solidariedade,1,sorteio,2,STF,3,Suicídio,1,SuperVia,19,SUS,2,Tarifa,3,Taxa de Incêndio,1,Teatro,11,tecnologia,7,Terceira Idade,4,TopShopping,1,Tortura,1,Trabalhador,1,trabalho,7,Tráfico de drogas,83,Trânsito,17,Transporte,29,Trânsporte,1,Trem,11,TSE,3,Turismo,5,Tv,1,Uerj,1,unidade básica de saúde,1,Urbanismo,2,Vacina,30,Vacinação,52,vagas,18,veículo,8,veículos apreendidos,2,Veloterra,1,vendas,1,Vereadores,5,Via Dutra,2,Viaduto de Autin,1,Vigilância Sanitária,5,Vila Olímpica,4,Vila Olímpica de Queimados,1,Violência,12,whatsapp,15,Wilson Witzel,1,Zika Vírus,1,
ltr
item
Notícias de Queimados: Vacina contra a Covid-19; confira as principais dúvidas e respostas
Vacina contra a Covid-19; confira as principais dúvidas e respostas
https://1.bp.blogspot.com/-NT-Dl8cpTOQ/X_8hqfqx8HI/AAAAAAAAXQw/pREjqICk7DcoIos0OgIZ-232407jHKZpwCLcBGAsYHQ/w640-h334/Vacina-contra-a-Covid-19%253B-confira-as-principais-d%25C3%25BAvidas-e-respostas.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-NT-Dl8cpTOQ/X_8hqfqx8HI/AAAAAAAAXQw/pREjqICk7DcoIos0OgIZ-232407jHKZpwCLcBGAsYHQ/s72-w640-c-h334/Vacina-contra-a-Covid-19%253B-confira-as-principais-d%25C3%25BAvidas-e-respostas.jpg
Notícias de Queimados
https://www.noticiasdequeimados.com/2021/01/vacina-contra-covid-19-confira-as.html
https://www.noticiasdequeimados.com/
https://www.noticiasdequeimados.com/
https://www.noticiasdequeimados.com/2021/01/vacina-contra-covid-19-confira-as.html
true
6013695855522903581
UTF-8
Carregando todas as postagens Não foi encontrada nenhuma postagem VER MAIS Leia mais Resposta Cancelar resposta Excluir Por Início PÁGINA POSTAGENS Ver tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ RÓTULO ARQUIVO PESQUISAR TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma postagem com seu pedido Voltar Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Há mais de 5 semanas Seguidores Segue ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhar em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar Tabela de Conteúdo