Piquenique ecológico antecipa chegada da Primavera em Queimados

QUEIMADOS - A manhã desta terça-feira foi mais que especial para a pequena moradora de Queimados, Maria Eduarda, de apenas quatro anos. Ela se divertiu com brinquedos feitos com material reciclado, fez caminhada ecológica e plantou mudas nativas de Mata Atlântica na Área de Preservação Ambiental Horto Municipal Luiz Gonzaga de Macedo, no bairro Fanchem. Assim como Duda - como é chamada carinhosamente pelos colegas - outras 200 crianças participaram do Piquenique Ecológico, promovido pela Secretaria Municipal do Ambiente (SEMAM) para comemorar a chegada da Estação da Primavera que começa nesta quarta-feira (23).

Duda e seus coleguinhas descobriram na prática a importância de preservar o meio ambiente. Estudantes de escolas municipais, integrantes da APAE (Associação de Pais e Amigos Excepcionais), NAE (Núcleo de Atenção ao Estudante) e do Projeto Social Circo Baixada fizeram uma trilha por todo o Horto e conheceram a história da Unidade de Conservação, como as características da fauna e flora local. Os moradores do bairro também foram beneficiados com a realização do projeto ‘Ambiente Itinerante’, que recebeu óleo de cozinha usado e distribuiu panfletos educativos.

A ação faz parte do programa ‘Tempo de Plantar’, que promove diversas ações de conscientização ambiental ao longo do ano. As atividades foram acompanhadas por educadores e profissionais capacitados. O Prefeito Max Lemos falou sobre a importância do ensinamento às crianças de boas maneiras ambientais: “Estamos sofrendo algumas consequências dos erros cometidos ao longo do tempo. Desmatamento, poluição e outras aversões à natureza. A turma que pode mudar isso está aqui hoje. Ensiná-los as melhores maneiras de tratar o nosso ambiente pode diminuir o impacto no futuro”, ressaltou.

Já o secretário do Ambiente, Alex Dornellas, falou sobre a necessidade de trazer a população para o Horto Municipal, uma área ecológica de 40 mil metros quadrados. “Este espaço é nosso. A ideia é aproximar os moradores das práticas ambientais, mostrando às crianças que, desde pequenos, já podem ser multiplicadores do meio ambiente. Isso aqui era um matagal cheio de lixo, hoje, está muito bem cuidado e reflorestado. Vamos fazer daqui o nosso Jardim Botânico”, destacou Dornellas, que no final do evento promoveu um abraço coletivo em favor a preservação do espaço.


Via PMQ
23/09/2015

0 comentários :

Postar um comentário