Queimados intensifica ação contra o mosquito da Dengue

QUEIMADOS - Uma semana possui mais de 10 mil minutos. Que tal usarmos apenas dez deles para combater o mosquito? Pensando em dar o exemplo e orientar a população, agentes de combate às endemias e servidores da Prefeitura de Queimados realizaram na manhã desta quarta-feira (13) a ação “10 minutos contra a dengue”, nos prédios públicos e escolas municipais. Os funcionários “fiscalizaram” os edifícios onde trabalham e verificaram a existência de possíveis focos do mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus. A ação acontecerá uma vez por semana até o mês de março.

A Escola Municipal Oscar Weinschenck foi um dos prédios públicos que receberam a visita de um agente. Segundo o encarregado da fiscalização, Carlos Oliveira (44), a unidade está livre de qualquer risco da evolução do mosquito. “Estamos visitando nas férias das crianças para conseguir olhar todos os cantos da escola. Esta unidade está de parabéns, não encontramos nenhum foco nem água parada. Sinal que os funcionários estão fazendo o dever de casa no combate”, disse.

A secretária de Administração, Andreia Regilayne e a de Saúde, Dr. Fátima Sanches “fizeram a limpa” na sede da prefeitura, onde funcionam os dois órgãos. “Nós sempre lacramos a caixa d’água para não correr risco. O bom exemplo tem que começar dentro de casa, não é verdade? É sempre bom ações como essa para conscientizar nossos servidores da importância de combater o mosquito”, disse Andreia que integra o grupo intersetorial de combate à dengue criado pela prefeitura.

Queimados possui 115 agentes que visitam 30 casas por dia de 17 localidades diferentes mapeadas pelo município, alcançando dentro do ano cerca de 95% dos imóveis. Os agentes fiscalizam a residência para verificar se há focos e, caso haja, aplicar o larvicida, e orientar como os próprios moradores podem cuidar das residências. “É uma ação preventiva e pedagógica para a população” explica o coordenador de endemias do município, Eduardo Dutra.


Via PMQ
16/01/2016

0 comentários :

Postar um comentário