Festa para os artesãos em Queimados

QUEIMADOS - Nas mãos, o talento de transformar simples materiais em verdadeiras obras de arte. Esse é o principal trabalho dos artesãos que, em Queimados, receberam uma festa especial da Prefeitura, através da secretaria de Cultura, para comemorar o Dia Mundial da profissão e, de quebra, um ano de fundação da Feirart’s – espaço destinado para exposição de materiais aos sábados na Praça Nossa Senhora da Conceição, no Centro -. O encontrou reuniu os profissionais cadastrados na Associação dos Artesãos do Município que já conta com 250 pessoas e aconteceu no último sábado (19), no Teatro Municipal Marlice Margarida Ferreira da Cunha.

O encontrou selou ainda mais a união entre os artesãos do município e a secretaria de Cultura, que providencia toda a estrutura para que os profissionais possam trabalhar, como tendas, espaço, cursos e palestras. “Juntos, conseguimos doar tendas para que o grupo expusesse seu trabalho e fixar a venda aos sábados em plena praça pública. Em breve, teremos a casa do artesão, onde turistas poderão comprar artefatos produzidos na cidade, fora os cursos de capacitação que vamos oferecer para profissionalizar ainda mais a classe”, afirmou o secretário de Cultura, Marcelo Lessa.

Já o secretário de Fazenda e Planejamento, Carlos Vilela, que representou o prefeito Max Lemos na cerimônia, anunciou que o município realizará pelo segundo ano seguido uma feira estadual de artesanato. “Será em setembro. A atividade vai movimentar os nossos artesãos e a cidade como um todo. Serão três dias, onde os visitantes poderão conferir as peças e os artesãos ganhar uma renda extra. Fico orgulhoso de participar de um governo que se preocupa com as pessoas na mesma medida cuida da estrutura”, pontuou.

A presidente da Associação dos Artesãos, Neurizete da Silva, era só emoção durante a festa. Ela recordou a luta de tornar a prática em profissão. “O problema era que o nosso trabalho não era reconhecido como tal. Agora, nosso objetivo é conseguir que nossa carteira seja assinada. E isso é uma luta nacional, mas vamos chegar lá. E Queimados será a referência estadual para o artesão. Hoje é um dia de festa, para comemorar todos os avanços que conseguimos”, concluiu.

Via PMQ
Texto: Joyce Pessanha 
Foto: Luiz Ambrósio
22/03/2016

0 comentários :

Postar um comentário